domingo, 27 de junho de 2010

Escolhendo o cardápio do casamento

Uma dúvida super cruel das noivinhas é sobre como escolher o cardápio do casamento... Que tipo de refeição servir? Quais sabores? Quantos tipos de doces e salgados? E quais bebidas são as mais adequadas a cada cardápio?

Em primeiríssimo lugar gostaria de dizer que qualquer regra deve vir após o desejo dos noivos e o perfil dos convidados. Exemplo: muita gente insiste em dizer que cerveja em casamento é deselegante, mas como deixar a geladinha de fora se 80% dos seus convidados preferem esta bebida? E se é a única bebida que os noivos apreciam? Sem falar que cerveja é a bebida queridinha de 9 entre 10 brasileiros!

Então, mais do que qualquer regra de etiqueta, os noivos não devem nuncar perder de vista a conciliação entre seus gostos pessoais e o gosto dos convidados. Também não dá para fazer um casamento totalmente vegetariano só porque os noivos não comem carne, nem tampouco deixar de colocar aquele salgadinho que você tanto gosta só porque a sua tia acha uma péssima idéia.

Mas, como meu objetivo aqui é ajudar às noivinhas que estão um pouquinho mais perdidas com a escolha do cardápio, aí vão algumas dicas básicas:

  • Procure avaliar o perfil de seus convidados de uma forma geral: faixa etária, sexo, preferências, nacionalidade, etc. Estas características poderão te dar boas pistas do que servir em termos de alimentos e bebidas.
  • Não se esqueça que o público jovem costuma curtir mais a pista de dança, o que faz com que o buffet tenha que oferecer opções de alimentos práticas, como as finger foods e canapés. Já o pessoal mais idoso não abre mão dos salgadinhos tradicionais, dos doces e do bolo. Um coquetel volante bem servido agrada bastante àqueles que permanecem a maior parte do tempo da festa sentados à mesa. Não quer errar? Aposte em um misto entre estas duas opções.
  • Se o perfil de seus convidados é um pouco mais tradicionalista, aposte no coquetel de salgados: bolinhos, trouxinhas, barquetes, camarão encapotado,  Neste caso, os mini empratados e canapés podem causar certa estranheza.
  • A mesa de antepastos é uma companhia perfeita para o coquetel volante. Terrines, saladas, pães, quiches e queijos com geléias são algumas das opções.
  • Deixe os salgadinhos muito tradicionais (que são uma delícia, eu sei!) para os aniversários. O casamento é uma festa que demanda um pouco mais de formalidade. Aposte em recheios diferenciados, como queijos, tomate seco, misturas agridoces, entre outros.
  • Uma das maiores falhas cometidas pelos noivos é variar pouco na escolha dos sabores. Nos doces, evite exagerar no chocolate Escolha opções com frutas, creme, nozes, entre outros sabores. Dê alternativas a seus convidados que não curtem determinado sabor. E não esqueça dos diabéticos, se souber que estarão em sua festa: uma ou duas opções de docinhos diet demonstram sua preocupação com seus convidados.
  • A mesma regrinha vale para o salgados: nada de exagerar na dose de camarões e demais frutos do mar. Os alérgicos agradecem!
  • Quanto às bebidas, procurem observar o cardápio e o horário da sua festa. Bebidas quentes, como whisky, licores e vinho, são mais adequadas para casamentos à noite. Durante o dia, prefira coquetéis com e sem álcool, roska de frutas, água de côco, espumante, sucos e cerveja.
  • Se seu cardápio inclui jantar, acrescente um vinho às opções de bebidas. Já uma pista de dança animada pede um balcão de roskas e drinks diferenciados.
  • À noite, o espumante e o whisky são muito bem vindos e devem ser servidos durante toda a festa. Em cidades como Salvador, por exemplo, de clima quente, o espumante tem tido melhor aceitação que os vinhos tintos.
  • Se sua festa tem um perfil mais formal e não terá pista de dança, pode apostar no jantar. Ofereça duas opções aos seus convidados, como uma massa e uma carne, e aposte em um bom vinho. Um coquetel com canapés pode preceder o jantar.
  • Se sua recepção será um brinde tradicional, sirva somente bolo e doces, com espumante, refrigerante e água para acompanhar.
  • A mesa digestiva é super bonita, mas é um custo desnecesário se você não terá jantar. Como o nome já diz, os licores, café, trufas e sequilhos são para degustação após uma refeição completa. Se isso for encarecer seu orçamento, não hesite em cortar.
Espero que tenham gostado das dicas!

Um super beijo!

3 comentários:

  1. Vi, vim agradecer a visita em meu blog, e dizer q o seu tá show de bola!
    Espero te reencontrar em breve em algum casamento, sua energia tbem é muito boa! Boa sorte, flor!

    Kadija

    ResponderExcluir
  2. Amiga, seu blog é o máximo!!! Igual a vc!!Parabéns, viu?

    Adoreeeiiii!!!!

    Bjooosss,

    Paula Doria.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui!

Related Posts with Thumbnails