quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Casando em casa: cuidados necessários!

 
 Foto: Andresa de Sá

Aqui em Salvador e Região Metropolitana, como a quantidade de espaços para eventos é reduzida, se considerado o aumento do volume de festas a cada ano, muitos casais optam por festejar em residências da família ou mesmo alugar uma casa de temporada para realizar a sua festa de casamento. Isso acontece ainda com mais força nas regiões de praia, onde as opções de espaços são ainda mais escassas.
 
Tem sido crescente o número de festas que temos realizado em residências próprias ou alugadas especialmente para este fim. Com isso, o cuidado com os detalhes precisa ser redobrado, pois uma residência certamente não dispõe da mesma infraestrutura que um espaço montado exclusivamente para abrigar festas de médio e grande porte. É importantíssimo analisar alguns detalhes que podem comprometer o bem estar de seus convidados, a segurança e tranquilidade de sua festa ou mesmo impactar de forma decisiva no seu orçamento:
  • O local possui área coberta suficiente para abrigar seus convidados de uma possível chuva ou sol forte? Apostar na sorte nunca é recomendado. De qualquer forma, é necessária uma cobertura mínima para abrigar mesas de buffet, orquestra ou banda e equipamentos eletrônicos. E o preço de uma cobertura, se somado ao valor do espaço, pode acabar sendo mais salgado que alugar um espaço completo.
  • Os sanitários são suficientes para atender ao volume de convidados? A acessibilidade deles é satisfatória? É importantíssimo também definir quem ficará responsável pela limpeza e reposição constante de material, já que em uma casa de eventos essa é uma preocupação a menos, pois é responsabilidade do espaço.
  • O local oferece risco iminente para crianças? Piscina descoberta, jardins com plantas venenosas, cercas, objetos pontiagudos e cortantes... Muito cuidado com esse item, afinal você não quer que um acidente desagradável interrompa sua festa!
  • O local oferece opções de acessibilidade para idosos e deficientes físicos? Quando você convida sua avó, tia ou alguém muito querido que possui alguma limitação, imagina-se que você, no mínimo, se preocupará com seu bem estar, não?
  • Acontecimentos recentes veiculados na mídia mostram o quanto é importante avaliar se o local possui saídas suficientes em caso de incidentes ou mesmo equipamentos de segurança, como extintores de incêndio, por exemplo. É a velha máxima: é algo de que esperamos nunca precisar, mas quem pode prever?
  • É importantíssimo também verificar junto ao condomínio restrições e horários de acesso de fornecedores, carga e descarga e todas as demais normas. E todos os fornecedores devem estar totalmente alinhados com estas regras. É importantíssimo realizar uma reunião ou contato com o administrador para esclarecer dúvidas.
  • Por se tratar de área residencial, é muito provável que haja restrições em termos de duração da festa e volume do som. Converse com a vizinhança e programe sua festa de forma que não interfira negativamente na rotina do local, pois você corre sério risco de ter sua festa interrompida no auge.
  • Nas proximidades há estacionamento disponível para os veículos de seus convidados? É um local próximo ou muito distante? É sempre recomendado contratar um serviço de manobristas qualificado e verificar quais são os possíveis locais para acomodação dos carros. Se o estacionamento for muito distante, lembre-se de solicitar motoboys à empresa de vallet para agilizar o serviço e evitar filas de carros. Lembre-se também de deixar orientadores de tráfego responsáveis por instruir os motoristas para que evitem estacionar em locais inconvenientes, como portas de garagens vizinhas, ao longo da via, etc...
  • A casa escolhida fica em uma região de fácil acesso e segura para seus convidados? Caso contrário, você corre um risco altíssimo de ter um alto índice de faltas a sua festa. Independente disso, contrate também um serviço de segurança qualificado para o período da festa.
  • Quando se contrata um espaço de eventos, o contratado é responsável por oferecer a casa em ótimas condições de utilização. Em se tratando de uma casa não especializada, certifique-se de inserir em contrato uma cláusula que assegure que a casa será entregue a vocês em boas condições de conservação para realização da festa. Procurem deixar claro também as responsabilidade com relação à manutenção no pós-festa em caso de incidentes.
  • Por fim, verifique junto ao condomínio, prefeitura e órgãos fiscalizadores se é necessária alguma autorização prévia ou pagamento de algum tributo para autorização do evento. Evite surpresas desagradáveis!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!

Related Posts with Thumbnails